A INTEGRAÇÃO DA ALFABETIZAÇÃO INFORMACIONAL (ALFIN) NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE UNIVERSITÁRIO: ANÁLISE DE INICIATIVAS NO BRASIL E NA ESPANHA

  • Maria da Graça Gomes Almeida UFBA

Resumo

Este trabalho tem como finalidade analisar, descrever e apreciar como a Alfabetização Informacional (ALFIN) está sendo implementada em bibliotecas de universidades públicas no Brasil e na Espanha e como ela pode ser integrada à formação do estudante universitário. Este estudo é fundamentado por um quadro teórico articulado com a pesquisa de campo em 33 bibliotecas de universidades públicas federais do Brasil e em 28 universidades públicas da Espanha. A análise dos dados empíricos realiza-se por meio de uma abordagem quantitativa, aliada à qualitativa. Apesar de diferentes autores terem a mesma opinião de que a integração da ALFIN na formação do estudante universitário deve ser por meio do currículo acadêmico, os resultados sugerem que as universidades e suas bibliotecas estão encontrando dificuldade para implantar a educação para a ALFIN, de forma sistemática e, mais ainda, de forma escalonada em diferentes níveis, integrada com as disciplinas acadêmicas.
Como Citar
ALMEIDA, Maria da Graça Gomes. A INTEGRAÇÃO DA ALFABETIZAÇÃO INFORMACIONAL (ALFIN) NA FORMAÇÃO DO ESTUDANTE UNIVERSITÁRIO: ANÁLISE DE INICIATIVAS NO BRASIL E NA ESPANHA. Anais do SNBU, [S.l.], 2016. ISSN 2359-6058. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/anaissnbu/article/view/3169>. Acesso em: 23 nov. 2017.

Palavras-chave

Alfabetização informacional. Competências informacionais. Integração curricular. Espanha. Brasil. Universidade. Educação superior.