O portefólio como estratégia de ensino-aprendizagem no ensino superior

  • Teresa Pessôa Universidade de Coimbra (Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação) – FPCEUC
  • Andreia Conceição Universidade de Coimbra (Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação) – FPCEUC
  • Maria Socorro Moura Universidade de Coimbra (Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação) – FPCEUC
  • Patrícia Veríssimo Universidade de Coimbra (Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação) – FPCEUC
  • Piedade Vaz Rebelo Universidade de Coimbra (Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação) – FPCEUC

Resumo

Em Portugal, o uso de portefólios na educação tem vindo paulatinamente a ganhar visibilidade nas práticas pedagógicas desde a Educação de Infância até ao Ensino Superior, neste caso, sobretudo, no âmbito da supervisão da formação inicial de professores. No entanto, este instrumento pode mostrar-se muito valioso em contexto de formação contínua como estratégia de ensino-aprendizagem, de “investigação”, avaliação e reflexão sobre e nas práticas (Schön, 1983; 2000), conduzindo a um processo de (auto) construção colaborativa de conhecimento, de desenvolvimento pessoal e profissional dos alunos em formação pós-graduada ou mestrado. Tomando como princípio que a aprendizagem é um processo ativo, tal como preconizado pelo processo de Bolonha, que importa o caminho ou processos, e não simplesmente resultados ou produtos e que, tal como defendeu John Dewey, é importante aprender a pensar bem devendo os alunos ser os construtores do seu próprio conhecimento, a aprendizagem através da construção de portefólios constitui, sem dúvida, a estratégia adequada baseada nas metodologias construtivistas de ensino cabendo ao docente orientar e monitorizar este processo. Os portefólios, ao implicarem a escrita e a reflexão individual, auxiliam o formando, também ele docente, a tomar consciência das suas práticas, dos seus progressos e dificuldades, promovendo também a partilha contínua com os pares das suas análises e questionamentos conduzindo a uma reflexão colaborativa capaz de tornar os alunos supervisores de si próprios. Nesta apresentação pretende-se dar a conhecer a experiência de trabalho desenvolvida através de portefólios e (e)portefólios de aprendizagem nas unidades curriculares de “Modelos e Práticas de Supervisão Pedagógica” e “Conceções e Práticas Reflexivas em Educação”, no âmbito do mestrado em “Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores” da FPCEUC, pela voz das docentes responsáveis e das mestrandas participantes.


Palavras-chave: Portefólio; Construtivismo; Colaboração; Ensino; Aprendizagem.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Professora Associada da Faculdade de Psicologia e de Ciências Educação da Universidade de Coimbra. Tem desenvolvido trabalho como docente e como investigadora nas áreas da formação de professores e da utilização pedagógica das tecnologias da informação e comunicação e, nestes âmbitos, colaborado em diversos projetos nacionais e internacionais. Coordena, em termos pedagógicos, o projeto de Ensino a Distância da Universidade de Coimbra.

##submission.authorWithAffiliation##

Licenciada em Educação de Infância pela Escola Superior de Educação de Coimbra, em 1999. Pós-graduação em Educação Especial (domínio cognitivo e motor), em 2006.Exerceu funções de Educadora de infância em creche e Jardim de Infância ao longo de dezanove anos. Atualmente, mestranda na faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade de Coimbra em “Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores”.

##submission.authorWithAffiliation##

Licenciatura em Pedagogia pela PUC de Goiás-GO, (2000); Especialização em Gestão Escolar pela Universidade do Acre - UFAC, (2005). Especialização em Administração de projetos Públicos pela Unb, (2010). Atualmente Mestranda em Supervisão Pedagógica e Formação para Formadores, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, pela Universidade de Coimbra em Portugal.

##submission.authorWithAffiliation##

Licenciada em Educação de Infância pela Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), em 2011. Mestre em Educação Pré-Escolar e Ensino do Primeiro Ciclo do Ensino Básico pela ESEC, em 2013. Exerce funções de Educadora de Infância desde 2013 numa Creche e Jardim-de-Infância. Mestranda na Faculdade de Psicologia e Ciências de Educação da Universidade de Coimbra em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores.

##submission.authorWithAffiliation##

Professora Auxiliar da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. Licenciada em Psicologia e doutora em Psicologia Educacional pela mesma Faculdade. Tem desenvolvido funções docentes no âmbito da formação de professores e das ciências da educação e participado em projetos nacionais e internacionais.

Publicado
2019-01-13
Como Citar
PESSÔA, Teresa et al. O portefólio como estratégia de ensino-aprendizagem no ensino superior. Revista Amazônida: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas, [S.l.], v. 3, n. 2, p. 212-219, jan. 2019. ISSN 2527-0141. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/amazonida/article/view/5177>. Acesso em: 16 fev. 2019. doi: https://doi.org/10.29280/rappge.v3i2.5177.