Integração entre teoria e prática nos programas de formação de professores

lições de três experiências internacionais

  • Graziela Giusti Pachane Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM

Resumo

Este trabalho faz parte de um projeto maior cujo objetivo foi estudar mudanças curriculares em programas de formação de professores a partir de uma abordagem comparativa. Estudamos o currículo de três universidades (Harvard, Universidade do Minho e Universidade Federal do Triângulo Mineiro [UFTM]) de três países diferentes (EUA, Portugal e Brasil) nas últimas duas décadas. Para alcançar nossos objetivos, além da revisão de literatura e análise de documentos, visitamos as universidades, fizemos observações e entrevistamos professores e alunos. Utilizamos metodologias de análise de conteúdo e educação comparativa para analisar dados. Os resultados destacaram que o programa centrado na prática prevalece na educação americana; que uma abordagem focada na práxis é enfatizada em Portugal; e que há uma busca de uma orientação histórico-crítica no Brasil (revelada principalmente nos discursos dos professores), com forte tendência multicultural nas últimas políticas curriculares. Nossas descobertas nos ajudaram a entender como essas três universidades fazem ligações entre teoria e prática na formação de seus professores. Os dados coletados chamaram a atenção para o Programa Harvard Teachers Fellows (HTF), nos EUA, e para o PIBID no Brasil. O PIBID foi citado como uma das políticas mais importantes do Brasil na busca da melhoria da formação de professores, conectando universidades e escolas básicas, integrando teoria e prática e criando práticas interdisciplinares mais significativas. Apesar do seu significado, o PIBID está em risco de extinção, devido a mudanças nas políticas educacionais no país, e foi parcialmente substituído pela Residência Pedagógica. Acreditamos que o estudo dessas experiências de um ponto de vista comparativo pode ajudar planejadores de currículo, gestores do ensino superior e formuladores de políticas dedicados ao campo da formação de professores a desenvolver cursos/programas que não sejam nem excessivamente pragmáticos, nem extremamente idealizados e descolados do cotidiano escolar.


Palavras-chave: formação de professores; política educacional; currículo.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Graduada em Letras, com mestrado e doutorado em Educação pela Unicamp, no GEPES (Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior), na área de políticas e sistemas educacionais. Desde 2009 é docente da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM-Uberaba), onde coordenou o Ciclo Comum de Formação dos cursos de Licenciatura e Serviço Social e o departamento de Educação. 

Publicado
2019-01-13
Como Citar
PACHANE, Graziela Giusti. Integração entre teoria e prática nos programas de formação de professores. Revista Amazônida: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas, [S.l.], v. 3, n. 2, p. 78-101, jan. 2019. ISSN 2527-0141. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/amazonida/article/view/4947>. Acesso em: 20 abr. 2019. doi: https://doi.org/10.29280/rappge.v3i2.4947.