PROTAGONISMO INDÍGENA NO TEMPO PRESENTE:

ASPECTOS DA EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA ESPECÍFICA E DIFERENCIADA

  • Fernando Roque Fernandes Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Resumo

Falar de História Indígena é, sobretudo, abordar as agências indígenas nos processos históricos nos quais estiveram inseridos, reconhecendo sua agência, seu protagonismo e sua atuação. Desde meados do século XX, os povos indígenas têm sistematizado atuações políticas por meio de instrumentos recorrentes entre os não índios, sem abandonar suas práticas milenares. Os movimentos indígenas atuam de modo amplo, pautando demandas e alcançando conquistas. Dentre elas, a Educação é uma baliza importante. Nesse sentido, o objetivo deste texto é apresentar elementos que nos permitam refletir sobre as articulações indígenas por uma educação específica e diferenciada sopesando o lugar que ela ocupa nos processos políticos nos quais os indígenas estão inseridos e seus desdobramentos. Os apontamentos apresentados informam indícios e rascunham interpretações, desde uma perspectiva que privilegia o protagonismo indígena. Assim, encaminhamos um ensaio acerca da evolução do panorama educacional vinculado à questão indígena, indicando alguns apontamentos acerca dos dados reunidos no início de uma pesquisa sobre Educação Escolar Indígena na Amazônia Brasileira. Por meio dela, pretendemos indicar um nexo que, segundo nos parece, deve ser ressaltado: a importância do protagonismo indígena na conformação de uma política de Estado para a Educação Escolar Indígena. Desse modo, o texto dá os primeiros passos na reflexão não somente dos nexos que ligam aquela educação às lutas dos movimentos indígenas, mas, também, na ponderação acerca de uma inflexão nas políticas indigenistas, as quais, nos últimos anos, passaram a contar com a participação direta dos coletivos indígenas.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Atualmente, é Professor do Departamento de Educação Escolar Indígena (DEEI) da Faculdade de Educação (FACED) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) onde atua no Curso de Formação de Professores Indígenas (FPI). Doutorando em História Social da Amazônia pelo Programa de Pós-Graduação em História (PPHIST) da Universidade Federal do Pará (UFPA). Pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais (GERA/UFPA). Desenvolve pesquisas relacionadas aos Movimentos Indígenas no Brasil, Educação Escolar Indígena  na Amazônia Brasileira e Povos Indígenas e Ensino Superior no Amazonas.

Publicado
2018-05-27
Como Citar
FERNANDES, Fernando Roque. PROTAGONISMO INDÍGENA NO TEMPO PRESENTE:. Revista Amazônida: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 65-79, maio 2018. ISSN 2527-0141. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/amazonida/article/view/4485>. Acesso em: 16 dez. 2018. doi: https://doi.org/10.29280/rappge.v3i1.4485.