OS CENTROS EDUCACIONAIS DE TEMPO INTEGRAL DE MANAUS

ALTERNATIVA PÚBLICA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL

  • Antonio Carlos Maciel UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA
  • Cintia Adélia da Silva Universidade Federal de Rondônia

Resumo

Esse artigo tem por objetivo delinear um perfil da educação integral em Manaus, a partir da implantação dos Centros Educacionais de Tempo Integral – os CETIs, iniciada em 2010, para verificar se são uma alternativa pública em relação às propostas de tempo integral. Tendo por base a experiência adquirida com os levantamentos realizados em alguns municípios do estado de Rondônia, procedeu-se à aplicação de um survey multifatorial, combinado com uma entrevista de roteiro fechado, com a finalidade de coletar dados sobre o processo de implantação, com ênfase na estrutura, funcionamento e gestão dos Centros. Os resultados aqui apresentados fazem parte do momento inicial (2013), ainda predominantemente quantitativo, de uma pesquisa em andamento sobre a educação integral em Manaus, cujo momento final, predominantemente qualitativo, está previsto para 2017. Assim, são apresentados aqui o perfil do corpo administrativo, docente e gestor, além da estrutura e funcionamento desse modelo de escola concebido especialmente para atender às finalidades da educação de tempo integral, chegando-se à conclusão de que os CETIs caminham a passos largos para alcançar uma educação integral, senão politécnica, pelo menos de tempo integral qualificado!

Publicado
2018-01-31
Como Citar
MACIEL, Antonio Carlos; SILVA, Cintia Adélia da. OS CENTROS EDUCACIONAIS DE TEMPO INTEGRAL DE MANAUS. Revista Amazônida: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 56 -79, jan. 2018. ISSN 2527-0141. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/amazonida/article/view/3861>. Acesso em: 22 set. 2018. doi: https://doi.org/10.29280/rappge.v1i1.3861.