QUEM CUIDA DE MARIA? PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA SAÚDE PÚBLICA NO AMAZONAS

  • Djuliane Maria Gil Schaeken Rosseti Universidade Federal do Amazonas - UFAM
  • Denise Machado Duran Gutierrez Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Resumo

A Constituição de 1988 foi de fundamental importância para fomentar o Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Desde a sua promulgação, várias leis foram criadas no intuito de organizar todas as ações e serviços que a envolvam a saúde da população. Diante esse cenário, o presente artigo tem por objetivo discutir e refletir criticamente sobre os processos de cuidado de um sujeito portador de sofrimento psíquico segundo as políticas públicas preconizadas pelo Ministério da Saúde. Para tal, fez-se uso do método qualitativo de estudo de caso. Constatou-se que, mesmo com as conquistas e avanços no âmbito da saúde pública, ainda encontra-se presente o desafio para o alcance da integralidade do sujeito e da intersetorialidade das ações de saúde.

Publicado
2018-08-10
Como Citar
SCHAEKEN ROSSETI, Djuliane Maria Gil; DURAN GUTIERREZ, Denise Machado. QUEM CUIDA DE MARIA? PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA SAÚDE PÚBLICA NO AMAZONAS. Amazônica - Revista de Psicopedagogia, Psicologia escolar e Educação, [S.l.], v. 21, n. 1, Jan-Jun, p. 288-301, ago. 2018. ISSN 2318-8774. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/amazonica/article/view/4720>. Acesso em: 21 out. 2018.
Seção
Artigos