DIFERENÇAS ENTRE GÊNERO NAS ATRIBUIÇÕES CAUSAIS SOBRE O RENDIMENTO ESCOLAR DE ESTUDANTES DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE MANAUS COM A UTILIZAÇÃO DO QARE

  • Gisele Cristina Resende Universidade Federal do Amazonas - UFAM
  • Suely Aparecida do Nascimento Mascarenhas Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Resumo

O ser humano é motivado a descobrir a causalidade dos eventos e a compreender seu ambiente, estabelecendo relações para o sucesso ou o fracasso a partir de suas crenças e expectativas, isso é chamado de atribuição causal. Esse processo de atribuição de causas é repetido no ambiente escolar pelos alunos e interfere na motivação para o aprendizado. O presente trabalho objetivou verificar as diferenças entre os sexos (feminino e masculino) nas atribuições causais para o bom desempenho e o baixo desempenho dos escolares do 9º ano do ensino fundamental de escolas públicas da cidade de Manaus. A amostra foi composta por 1011 estudantes, sendo 543 meninas (sexo feminino) e 468 meninos (sexo masculino), sendo o instrumento utilizado: QARE (Questionário de Atribuição Causal para Resultados Escolares) com 44 itens, 22 para bom e 22 para mau desempenho, organizado em 5 pontos em escala Likert (1. Nunca e 5. Sempre). Os dados foram analisados por estatística descritiva e inferencial e os resultados mostraram diferenças entre os sexos, sendo que as meninas atribuíram o bom desempenho aos estudos e dedicação / esforço (causas internas e controláveis) e os meninos às capacidades cognitivas e memória (interno e controlável). O fraco desempenho no sexo feminino foi atribuído à capacidade cognitiva (dificuldade de memorização - causa interna e controlável) e testes e provas difíceis (causa externa e incontrolável), o sexo masculino atribuiu à falta de apoio familiar e falta de ajuda por parte dos colegas. Concluiu-se que existem diferenças entre os gêneros nos estudantes de Manaus e o diagnóstico das atribuições causais pode colaborar para ações de intervenção na escola melhorando a percepção pessoal, a autoestima dos alunos e o desempenho escolar.

Publicado
2018-08-10
Como Citar
RESENDE, Gisele Cristina; DO NASCIMENTO MASCARENHAS, Suely Aparecida. DIFERENÇAS ENTRE GÊNERO NAS ATRIBUIÇÕES CAUSAIS SOBRE O RENDIMENTO ESCOLAR DE ESTUDANTES DO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE MANAUS COM A UTILIZAÇÃO DO QARE. Amazônica - Revista de Psicopedagogia, Psicologia escolar e Educação, [S.l.], v. 21, n. 1, Jan-Jun, p. 273-287, ago. 2018. ISSN 2318-8774. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/amazonica/article/view/4719>. Acesso em: 17 dez. 2018.
Seção
Artigos