SUBJETIVIDADE DOCENTE DIANTE DA PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO

  • Joelma Ramos Serejo Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão
  • Ramon Luis de Santana Alcântar Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Resumo

A organização da sociedade segundo os preceitos do neoliberalismo tem enquanto uma de suas consequências para o trabalho, a precarização. Os trabalhadores docentes constituem-se em uma das categorias mais afetadas por esse processo, o qual é fortalecido pela dinâmica da governamentalidade, havendo uma interferência direta na construção das subjetividades desse segmento profissional. Este artigo tem como objetivo entender de que forma a precarização do trabalho docente interfere em sua subjetividade. As questões que nortearam o estudo foram: como a subjetividade do trabalhador veio sendo gerenciada pelo capital através da história da organização do trabalho? De que forma as mudanças do mundo do trabalho, ocorridas a partir do neoliberalismo, determinam a precarização do trabalho docente? Como a subjetividade do professor é forjada a partir da precarização e da governamentalidade? O procedimento metodológico utilizado foi uma revisão teórica de textos do Portal de periódicos da CAPES, selecionados a partir dos descritores: trabalho docente, subjetividade e precarização. Adotou-se, como recorte temporal, o período de 2000 a 2016. A categoria governamentalidade foi abordada segundo o pensamento do filósofo Michel Foucault. Concluiu-se que a governamentalidade neoliberal reforça o processo de precarização do trabalho docente, acarretando prejuízos à saúde biopsíquica dos professores. A superação dessa realidade exige que a categoria docente rompa com o individualismo e a competição para que possa construir estratégias coletivas de resistência à submissão de suas próprias subjetividades. 

Publicado
2018-08-10
Como Citar
SEREJO SILVA, Joelma Ramos; DE SANTANA ALCÂNTAR, Ramon Luis. SUBJETIVIDADE DOCENTE DIANTE DA PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO. Amazônica - Revista de Psicopedagogia, Psicologia escolar e Educação, [S.l.], v. 21, n. 1, Jan-Jun, p. 72-88, ago. 2018. ISSN 2318-8774. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/amazonica/article/view/4707>. Acesso em: 21 out. 2018.
Seção
Artigos