O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível ou quando o trabalho citado possuir.
  • O texto está em espaço duplo; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

O periódico RECAS é uma publicação eletrônica, com acesso e envio de artigos exclusivamente online. Editado no Setor de Avicultura da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Amazonas, destina-se a publicação de artigos oriundos de resultados de pesquisas originais, revisões bibliográficas (a convite do Conselho Editorial) e notas técnicas nas áreas de Avicultura e Suinocultura dentro das seguintes seções: Ambiência/Bem-estar; Manejo; Melhoramento Genético; Nutrição; Reprodução e Sanidade.

PROCESSO DE AVALIAÇÃO: Os artigos encaminhados para publicação são submetidos à aprovação do Conselho Editorial, com assessoria de especialistas da área (revisores “ad hoc”). Os pareceres possuem caráter imparcial com sigilo absoluto das informações contidas, tanto da parte dos autores como dos revisores, sem identificação entre estes. Os artigos, cujos textos necessitam de revisões ou correções, serão devolvidos aos autores e, se aceitos para publicação, passam a ser de propriedade da RECAS. Os conceitos, informações e conclusões constantes dos trabalhos são de exclusiva responsabilidade dos autores.

FORMATAÇÃO:
Os artigos originais devem ser redigidos na forma impessoal, com espaço entre linhas duplo (exceto nas tabelas e figuras, onde deverão ser simples), fonte Times New Roman tamanho 12 em todo o texto, em folha branca formato A4 (21,0 X 29,7 cm), com margens (superior, inferior, direita e esquerda) de 2,5 cm, páginas numeradas seqüencialmente em algarismos arábicos na parte superior à direita, não excedendo a 20 páginas, incluindo tabelas e figuras (exceto para artigos de revisão que deverão possuir até 15 páginas e notas técnicas não poderão exceder 10 páginas). As páginas devem apresentar linhas numeradas (a numeração é feita da seguinte forma: menu arquivo/configurar página/layout/números de linha.../numerar linhas). Não utilizar abreviações que não apresentem cunho técnico, acrônimos e pleonasmos, tais como: "o T2 foi menor que o T4, e não diferiu do T3 e do T5".

CITAÇÕES: As citações deverão ser mencionadas com a finalidade de esclarecer ou completar as idéias do autor, ilustrando e sustentando suas afirmações ao longo do texto. Toda documentação consultada deve ser obrigatoriamente citada em decorrência aos direitos autorais. As citações de autores no texto são em letras minúsculas, seguidas do ano de publicação. Quando houver dois autores, usar & (e comercial) e, no caso de três ou mais autores, citar apenas o sobrenome do primeiro, seguido de et al. (itálico). Menciona-se a data da publicação que deverá vir citada entre parênteses, logo após o nome do autor. As citações feitas no final do parágrafo devem vir entre parênteses, com letras maiúsculas e separadas por ponto e vírgula, em ordem cronológica. O artigo não deve possuir referências bibliográficas oriundas de publicações em eventos técnico-científicos (anais de congressos, simpósios, seminários e similares), bem como publicações na internet (que não fazem parte de periódicos científicos). Deve-se, então, privilegiar artigos publicados em periódicos (observar orientações percentuais e cronológicas no último parágrafo do item “Referências”). Não serão aceitas citações de citações (apud).

ESTRUTURA DO TEXTO:

  • Artigos científicos (até 20 páginas): devem ser divididos nas seguintes seções: título, título em inglês, autores com suas respectivas filiações, resumo, palavras- chave, abstract, keywords, introdução, material e métodos, resultados e discussão, conclusões, agradecimentos (opcional) e referências;
  • Artigos de revisão (até 15 páginas): devem possuir: título, título em inglês, autores com suas respectivas filiações, resumo, palavras-chave, abstract, keywords, introdução, desenvolvimento, conclusões, agradecimentos (opcional) e referências.
  • Notas técnicas (até 10 páginas): devem conter: título, título em inglês, autores com suas respectivas filiações, resumo, palavras-chave, abstract, keywords, corpo do texto (sem subdivisão, porém contendo introdução, metodologia, resultados e discussão e conclusões), agradecimentos (opcional) e referências;

 

Obs. Nº1: Pesquisa envolvendo seres humanos e animais, obrigatoriamente, devem apresentar o número do protocolo de aprovação de um comitê de ética institucional já na submissão.
Obs. Nº2: Os títulos de cada seção deverão ser digitados em negrito, justificados à esquerda e em letra maiúscula.

  • Título: Em português (negrito) e em inglês (negrito e itálico), digitados somente com a primeira letra da sentença em maiúsculo e centralizados. Devem ser objetivos e indicar o conteúdo do trabalho. Não ultrapassar 20 palavras.
  • Autores e Filiação: A nomeação dos autores deve vir logo abaixo do título em inglês. Digitar o último sobrenome em maiúsculo, seguido pelos pré-nomes (com apenas a primeira letra maiúscula) também por extenso e completos, separados por vírgula e centralizados. A cada autor deverá ser atribuído um número arábico sobrescrito ao final do sobrenome, que auxiliará na identificação das informações referentes a ele. Logo abaixo dos nomes dos autores, deverá vir justificada a esquerda e em ordem crescente a numeração correspondente, seguida pela afiliação do autor: Instituição; Unidade; Departamento; Cidade; Estado e País. Deve estar indicado o autor para correspondência com o respectivo endereço eletrônico por meio de asterisco (*) ao lado da numeração do mesmo. São aceitos somente 6 (seis) autores no máximo por manuscrito submetido.
  • Resumo e Abstract: Devem conter até 250 palavras cada um, redigidos em um só parágrafo. Não devem repetir o título. Cada frase deverá conter uma informação e não devem apresentar citações. Devem se iniciar pelos objetivos, apresentar os resultados seguidos pelas conclusões. Toda e qualquer sigla deve vir precedida da explicação por extenso. Ao submeter artigos em inglês, deve constar o resumo em português.
  • Palavras-chave e keywords: Devem possuir entre três e cinco, devem vir em ordem alfabética, separadas por vírgulas, sem ponto final, com informações que permitam a compreensão e a indexação do trabalho. Não são aceitas palavras- chave que já constem do título.
  • Introdução: Deve conter no máximo 2.500 caracteres com espaços. Explanação de forma clara e objetiva do problema investigado, hipóteses, sua pertinência, relevância do ponto de vista científico para as áreas avaliadas e, ao final, os objetivos que preconizaram a realização do trabalho.
  • Material e métodos (Item não incluso em artigos de revisão): Não são aceitos subtítulos. Devem apresentar seqüência lógica da descrição do local, do período de realização da pesquisa, dos tratamentos, dos materiais e das técnicas utilizadas, bem como da estatística utilizada na análise dos dados.
  • Resultados e Discussão (exceto para artigos de revisão): Os resultados devem ser apresentados juntamente com a discussão, em texto corrido podendo conter tabelas e ilustrações. Deve-se interpretar os resultados no trabalho de forma consistente e evitar comparações desnecessárias. Comparações, quando pertinentes, devem ser discutidas e feitas de forma a facilitar a compreensão do leitor.
  • Conclusões: As conclusões devem ser apresentadas em item separado, não devem ser repetição dos resultados e devem responder aos objetivos expressos no artigo. Desenvolvimento (exclusivo para artigos de revisão): Deve ser escrita de forma crítica, apresentando a evolução do conhecimento, as lacunas existentes e o estado atual da arte com base no referencial teórico disponível na literatura consultada.
  • Agradecimentos: Devem ser escritos antes das referências e o uso é opcional.
  • Referências: Devem ser relacionadas em ordem alfabética pelo sobrenome do primeiro autor e contemplar todas aquelas citadas no texto. Menciona-se o último sobrenome em maiúsculo, seguido de vírgula e as iniciais abreviadas por pontos, sem espaços. Os autores devem ser separados por ponto e vírgula. Digitá-las em espaço simples, com alinhamento justificado. As referências devem ser separadas entre si (a separação deve seguir o caminho parágrafo/espaçamento e selecione: depois seis pontos). O recurso tipográfico utilizado para destacar o elemento título será negrito e, para os nomes científicos, itálico. São adotadas as normas ABNT-NBR-6023 - agosto de 2002. No mínimo 70% das referências devem ser de artigos publicados nos últimos dez anos. Não serão permitidas referências de anais e internet. Livros, teses, dissertações, e monografias são aceitas mediante justificada a sua inserção no artigo (tabelas nutricionais, metodologias padrão, novas metodologias, etc) e desde que não exceda 30% do total.

Exemplos de citação:

  • Periódicos: Os títulos dos periódicos devem ser mencionados sem abreviações e em negrito. Não é necessário citar o local, somente o volume, o número, o intervalo de páginas e o ano.

Modelo:
ALBUQUERQUE, R.; MARCHETTI, L.K.; FAGUNDES, A.C.A.; BITTENCOURT, L.C.; TRINDADE NETO, M.A.; LIMA, F.R. Efeito de diferentes densidades populacionais e do sexo sobre o desempenho e uniformidade de frangos de corte. Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science, v. 43, n. 5, p. 581-587, 2006.

  • Livros: Os títulos dos livros devem ser mencionados sem abreviações e em negrito. É necessário citar o local, a editora, o volume (edição), o intervalo de páginas e o ano.

Modelo:
ROSTAGNO, H.S.; ALBINO, L.F.T.; DONZELE, J.L.; GOMES, P.C.; OLIVEIRA, R.F.; LOPES, D.C.; FERREIRA, A.S.; BARRETO, S.L.T.; EUCLIDES, R.F.Tabelas Brasileiras para Aves e Suínos: Composição de Alimentos e Requerimentos Nutricionais. 3ª Edição. Viçosa: Editora da UFV, 2011. 252p.

  • Teses, dissertações e monografias: Os títulos devem ser mencionados sem abreviações e em negrito. É necessário citar o grau e a área do trabalho (tese, dissertação ou monografia), a universidade, o intervalo de páginas e o ano.

Modelo:
VIEIRA, M.M. Níveis de cálcio e diferentes ácidos graxos de cadeia curta na dieta de frangos de corte. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Faculdade de Agronomia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2006. 68p.


Os trabalhos para publicação devem ser enviados exclusivamente por meio eletrônico pelo endereço http://periodicos.ufam.edu.br/index.php/RECAS/. Serão considerados viáveis para publicação apenas os artigos cujos autores cumprirem todas as etapas a seguir, enviando:

  1. Um arquivo com o texto do artigo no campo de submissão de artigos da revista com as ilustrações (se houver) em P/B.
  2. Preenchimento completo dos metadados de todos os autores.
  3. Não serão publicados manuscritos que estiverem inadimplentes com quaisquer uma das etapas supracitadas.


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

Telefone: (92) 3305-1181 (Ramal 4082)
E-mail: revistacavisui@gmail.com
Site: http://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/RECAS
Horário de atendimento: das 8hs às 12hs e das 14hs às 17hs