POLÍTICAS DO CORPO FEMININO EM "COBRAS E PIERCINGS"

  • Wanderson Tobias Rodrigues Universidade de Brasília

Resumo

Kanehara Hitomi, nascida na cidade de Tóquio em 8 de agosto de 1983, filha de um professor de literatura e tradutor, interrompeu seus estudos aos doze anos, saindo de casa aos quinze. Seu primeiro livro a ser publicado fora Cobras e Piercings, que chegou a ser traduzido para diversas línguas, inclusive para o português brasileiro, sendo publicado pela Geração Editorial em 2007, apenas três anos após a primeira edição em japonês. Cobras e Piercings fez com que a autora vendesse mais de um milhão de cópias, recebendo o Prêmio Akutagawa, o mais importante de literatura no Japão. Esse artigo propõe discutir as políticas que o corpo feminino exerce dentro do texto da autora, além dos meios de interpretações que nos permitem afirmar que a obra, em sua essência, é uma forma de reivindicação contra sistema e cultura do patriarcado na nação japonesa.


 

Referências

KANEHARA, Hitomi. Cobras e Piercings. Rio de Janeiro - RJ: Geração Editorial, 2007.
DINITTO, Rachel. Between literature and subculture: Kanehara Hitomi, media commodification and the desire for agency in post-bubble Japan. Japan Forum, v.23, n.4, 2011, p. 453–470
HOLLOWAY, David. Gender, Body, and Disappointment in Kanehara Hitomi's Fiction. Japanese Language and Literature, v.50, n.1, 2016, p. 75–103
HOLLOWAY, David. Skin-Deep: The Body in Fiction by Kanehara Hitomi and Hasegawa Junko. U.S.-Japan Women's Journal, n.40, 2011, p. 29–48.
ISOTANI, Mina. A Representação do Feminino: a construção identitária da mulher japonesa moderna. São Paulo, 2015, 219p. Tese (Doutorado). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.
ASHBY, J. New Akutagawa winners offer hope. Japan Times Online. 2004, Disponível em . Acesso em: 30 de maio, 2019.
HOWERTON, R.Tattooist Spearheads Lawsuit Against Japan's Crackdown on Body Art. Tatoodo. 2016, Disponível em . Acesso em: 30 de maio, 2019.
Publicado
2019-09-01
Como Citar
RODRIGUES, Wanderson Tobias. POLÍTICAS DO CORPO FEMININO EM "COBRAS E PIERCINGS". HON NO MUSHI - ESTUDOS MULTIDISCIPLINARES JAPONESES - ISSN 2526-3846, [S.l.], v. 4, n. 6, p. 111-129, set. 2019. ISSN 2526-3846. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/HonNoMushi/article/view/5574>. Acesso em: 13 nov. 2019.