LETRAMENTO DIGITAL: UM ESTUDO SOBRE A UTILIZAÇÃO DAS TIC EM ESCOLA PÚBLICA

Resumo

Este artigo tem o objetivo de verificar como se dá a utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC) por professores de português, evidenciando a visão que eles têm sobre as inovações tecnológicas. Para este estudo foram usados os autores Soares (2002; 2009), Bortoni-Ricardo (2008), Rojo (2012), Travaglia (2009), Freire (1996). Realizou-se uma pesquisa bibliográfica e de campo, foram aplicados questionários e observadas algumas aulas, os resultados mostram que a utilização da tecnologia é essencial para as aulas de português, pois nelas observam-se maior interação e aprendizagem, mesmo a utilização se dando de forma limitada por falta de estrutura e ferramentas digitais disponíveis para uso dos professores.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Graduada em Licenciatura em Letras/Português da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, Picos – PI. Especialista em Língua Brasileira de Sinais pelo Instituto Superior de Educação Programus (ISEPRO).

##submission.authorWithAffiliation##

Possui graduação em Letras/Inglês (2010) pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e em Letras/Português-Espanhol (2013) pelo Instituto Superior de Educação Alvorada Plus; Especialização em Docência para o Ensino Superior (2012) pelo Instituto de Ensino Superior Múltiplo (IESM) e em Libras (2014) pela Faculdade Latino Americana de Educação (FLATED) e Mestrado em Letras - Área de Concentração em Estudos de Linguagem (2014) pela UFPI. É pesquisador do Grupo de Pesquisa (Socio)Linguística, Letramentos Múltiplos e Educação (SOLEDUC/UnB), membro do Grupo de Pesquisa Linguagem, Escola e Sociedade (LES/UFPI), do Grupo de Estudos Críticos e Avançados em Linguagem (GECAL/UnB) e do Núcleo de Pesquisa de Ensino do Português (NUPEP/UFPI). Atualmente, é Doutorando do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade de Brasília (UnB) e Professor e Tutor do Centro de Educação Aberta e a Distância da Universidade Federal do Piauí (CEAD/UFPI). Tem experiência na área de Linguística e Língua Inglesa, com ênfase em Sociolinguística, atuando, principalmente, nos seguintes temas: oralidade, letramento, etnografia, educação do campo, leitura e escrita, Estágios Obrigatórios, Libras e ensino de língua inglesa instrumental 

Referências

BORTONI-RICARDO, S. M. O professor pesquisador: Introdução à Pesquisa qualitativa. São Paulo: Parábola, 2008.
DIAS, A. V. M. Hipercontos multissemióticos. In: ROJO, R.; MOURA, E. Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
GARCIA, C. B.; SILVA: F.D.S.; FELÍCIO, R. P. Projet(o)Arte. In: ROJO, R.; MOURA, E. Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.
GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.
GUERRA, E. L. A. Manual de pesquisa qualitativa. Belo Horizonte: Anima Educação, 2014.
LORENZI, G. C. C.; PÁDUA, T. R. W. Blog nos anos iniciais do fundamental I. In: ROJO, R.; MOURA, E. Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.
CRUZ NETO, O. O trabalho de campo como descoberta e criação. In: MINAYO, M. C. S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.
MELO, E. S. O. OLIVEIRA, P. W. M.; VALEZI, S. C. L. Gêneros poéticos em interface com gêneros multimodais. In: ROJO, R.; MOURA, E. Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.
MOREIRA, C. Letramento Digital: do conceito à prática. Anais do SIELP. v.1. Uberlândia: EDUFU, 2012.
ROJO, R.; MOURA, E. Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012.
SOARES, M. Novas práticas de leiteira e escrita: letramento na cibercultura. Educ. soc., Campinas, vol. 23, n. 81, p. 143-160, dez.2002. Disponível em: //www.cedes.unicamp.br> Acesso em: 29 mar. 2018.
____. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.
GEHARDT, T. E. et al. Estrutura do projeto de pesquisa. In: GERHARDT, T. E.;
SILVEIRA, D.T. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.
TRAVAGLIA, L. C. Gramática e interação: uma proposta para o ensino de gramática. São Paulo: Cortez, 2009.
VALE, R. A. L.; STRINQUER, M. S. D. Letramento digital, práticas sociais e implicações pedagógicas. Uniletras, Ponta Grossa, v. 36, n. 2, p. 211-222, jul/dez. 2014.
Publicado
2018-07-15
Como Citar
SILVA, Leiane Carvalho; NASCIMENTO, Juscelino Francisco do. LETRAMENTO DIGITAL: UM ESTUDO SOBRE A UTILIZAÇÃO DAS TIC EM ESCOLA PÚBLICA. HON NO MUSHI - ESTUDOS MULTIDISCIPLINARES JAPONESES - ISSN 2526-3846, [S.l.], v. 3, n. 4, p. 201-218, jul. 2018. ISSN 2526-3846. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/HonNoMushi/article/view/4633>. Acesso em: 15 dez. 2018.