RIMAS E MÉTRICAS NOS POEMAS EM LÍNGUAS DE SINAIS

  • Claudio Alves Benassi UFMT
  • Simone de Jesus Padilha UFMT

Resumo

Este pequeno estudo está inserido na área da literatura sinalizada e foi viável graças ao uso da Escrita de Sinais. Normalmente, a produção de poemas em Libras, quando não é perpassada pela Língua Portuguesa para fins de registro, é registrada em vídeo, aspecto que em minha concepção, não favorece a análise da produção literária em língua de sinais. O estudo está sendo realizado por meio de análises de poemas produzidos em Libras e registrados em Escrita de Sinais VisoGrafia, aspecto que tem nos permitido perceber rimas visuais e métricas nos poemas analisados. O objetivo principal é analisar o poema “Querer” (2017) de Cao Benassi, estabelecendo as principais formas de rimas, além de fazer uma breve abordagem do aspecto métrico do poema. Este estudo é um desdobramento do objeto de tese “VisoGrafia: o problema do material, conteúdo e forma na escrita de sinais”, apresentando como principais resultados, a compreensão do que é rima e métrica nos poemas em Libras e como as mesmas se efetivam na produção literária sinalizada.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Orientadora da pesquisa. Professora do Departamento de Letras da Universidade Federal de Mato Grosso. Cuiabá. 

Referências

BARROS, M. E. ELiS – Escrita das Línguas de Sinais: proposta teórica e verificação prática. Tese. Doutorado. Programa de Pós-graduação em Linguística. Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2008.
BARROS, M. E. ELiS: sistema brasileiro de escrita das línguas de sinais. Porto Alegre: Penso, 2015.
BAKHTIN, M. M. [1975]. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. São Paulo: Hucitec, 2010.
BENASSI, C. A. Poiesis da Libras e da Escrita das Línguas de Sinais (ELiS): a utilização da visualidade da língua e da ELiS na poética de Duarte. Anais I CEELiS, 2015. Disponível em http://files.falangemiuda.com/200000493-9aab69ba7d/REFAMI_ANAIS_2015020006.pdf. Consultado em 25 de junho de 2017.
BENASSI, C. A. “Coração partido” de Cao Benassi: a escrita de sinais VisoGrafia na fixação do gênero literário poema. Língua Portuguesa e suas literaturas no mundo: Anais do I Congresso Internacional de Letras (CONIL). Pedro & João Editores: São Carlos, 2017.
BENASSI, C. A. Querer. Poema. Revista Falange Miúda (ReFaMi), ano 2, n. 2, jul.-dez., 2017. Disponível em http://files.falangemiuda.com/200000483-88b6989b0d/REFAMI_ART_11201757.pdf. Consulta em 26 de dez. 2017.
BENASSI, C. A.; DUARTE, A. S.; PADILHA, S. de J. Poiesis da Libras e da Escrita das Línguas de Sinais (ELiS): a utilização da visualidade da língua e da ELiS na poética de Duarte. Revista Diálogos (RevDia), v. 3, n. 2, jul.-dez., 2015. Disponível em http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/revdia/article/view/3368. Consultado em 25 de junho de 2017.
GUIMARÃES, I. N. L. Números: as pegadas da divindade. São Paulo: 2009.
MARTINET, A. Elementos de linguística geral. Clássica Editora: Lisboa, [1959], 2014.
MARTINET, A. A linguística sincrônica. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1971.
PADILHA, S. de J. Os gêneros poéticos em livros didáticos de língua portuguesa do ensino fundamental: uma abordagem enunciativo-discursiva. Tese. Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2005.
Publicado
2018-06-30
Como Citar
BENASSI, Claudio Alves; PADILHA, Simone de Jesus. RIMAS E MÉTRICAS NOS POEMAS EM LÍNGUAS DE SINAIS. HON NO MUSHI - ESTUDOS MULTIDISCIPLINARES JAPONESES - ISSN 2526-3846, [S.l.], v. 3, n. 4, p. 94-104, jun. 2018. ISSN 2526-3846. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/HonNoMushi/article/view/4427>. Acesso em: 19 ago. 2018.