O SUBALTERNO E A ESCRITA DE PRISÃO NA OBRA MEMÓRIAS DE UM SOBREVIVENTE DE LUIZ ALBERTO MENDES

  • Abdias Correia de Cantalice Neto SECE-PB

Resumo

O presente artigo analisa na obra Memórias de um sobrevivente, de Luiz Alberto Mendes, a escrita de si, que resultando de uma escrita autobiográfica produzida sobre a experiência de cárcere, se coloca na condição de literatura testemunhal e sua condição de subalterno.  A obra traz elementos da memória e da história de vida do próprio autor, narrando momentos de fortes relações de subalternidades e da construção do sujeito da voz. Abordaremos nuanças da memória e da subalternidade, adotando uma nova nomenclatura: a dupla subalternidade, por se tratar de um escritor pobre, portanto subalterno, e um escritor na condição de preso, ou seja, duplo subalterno. O presente estudo abordará ainda a resistência ao discurso dominante através da voz de um escritor preso. Trago questões sobre a multidão e o que o preso representa dentre os muitos na construção do espaço e do discurso. Aborda-se a questão da subalternidade e o posicionamento do escritor pobre e preso, diante desta performance do subalterno. Portanto, tenta-se adequar o conceito de obra literária produzida na prisão com o conceito de literatura de multidão. Escrita de muitos. Posicionamento e reposicionamento do sujeito da voz como subalterno no campo literário.

Publicado
2018-06-01
Como Citar
CANTALICE NETO, Abdias Correia de. O SUBALTERNO E A ESCRITA DE PRISÃO NA OBRA MEMÓRIAS DE UM SOBREVIVENTE DE LUIZ ALBERTO MENDES. Revista Decifrar, [S.l.], v. 6, n. 11, p. 147-161, jun. 2018. ISSN 2318-2229. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/Decifrar/article/view/4303>. Acesso em: 17 dez. 2018. doi: https://doi.org/10.29281/rd.v6i11.4303.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.