O APAGAMENTO HISTÓRICO-LITERÁRIO DE SIMÁ

  • Maison Antonio dos Anjos Batista UEA - Univeersidade do Estado do Amazonas

Resumo

A conscientização de um nacionalismo exacerbado, tendo o herói nacional como representante máximo é uma das características marcantes do Romantismo e, quando falamos do Romantismo brasileiro, o romance indianista tem o índio nesse papel. Muitas obras se destacaram nessa escola a exemplo de O Guarani e Iracema, ambas de José de Alencar. Mas percebemos que algumas ficaram à margem dessa escola, legadas a serem chamadas de regionalistas. Historicamente elas ficaram esquecidas ou conhecidas por um público reduzido. O que interessa aqui é chamar a atenção para uma obra romântico-indianista que ficou à margem do processo e, consequentemente, "apagada" dos estudos literários. Do autor Lourenço Amazonas, Simá: romance histórico da Amazônia, tem como protagonista uma mameluca, e publicada no mesmo ano de O Guarani, mas nem perto do valor dado a este. O que se propõe é levantar pontos que fazem com que Simá não deva ser abandonada ao esquecimento e contribuir para os estudos literários amazônicos.

Referências

ALENCAR, José de. Iracema. 22. Ed. Manaus: Valer, 2010.

AMAZONAS, Lourenço. Simá: Romance Histórico do Alto Amazonas. 3. Ed. Manaus: Valer, 2011.

BOSI, Alfredo. História Concisa da Literatura Brasileira. 43. Ed. São Paulo: Cultrix, 2006.

CUNHA, Euclides. Amazônia: Terra sem História. Manaus: Valer, 2014.

ECO, Umberto. Seis Passos pelos Bosques da Ficção. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

GONDIM, Neide. Apresentação. IN. AMAZONAS, Lourenço. Simá: Romance Histórico do Alto Amazonas. 3. Ed. Manaus: Valer, 2011.
_____________. O Nacional e o Regional na Prosa de Ficção do Amazonas. In: Leituras do Amazonas: Revista Internacional de Arte e Cultura. Ano II, n.ᵒ 2 (jan./dez., 2000). Manaus: Valer, 2002.

_____________. A Invenção da Amazônia. São Paulo: Marco Zero, 1994.

_____________. Simá, Beiradão e Galvez, Imperador do Acre - Amazônia: Ficção e História. Manaus: Editora da Universidade do Amazonas, 1996.
LIMA, Lucilene Gomes. Ficções do Ciclo da Borracha: A Selva, Beiradão, O Amante das Amazonas. Manaus: EDUA, 2009.

LOURO, Francisca de Lourdes Souza. Chuva Branca no Universo de Paulo Jacob. In: OLIVEIRA, Rita do Perpétuo Socorro Barbosa de; SANTOS, José Benedito dos; AZEVEDO, Kenedi Santos (Orgs.). A Literatura no Amazonas: 1954-2010. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2017

MONTEIRO. Mário Ypiranga. Fatos da Literatura Amazonense. 2. Ed. Manaus: Editora da Universidade do Amazonas, 1998.

______________. Fases da Literatura Amazonense. Manaus: U. A., 1977.

OLIVEIRA, José Alcimar de. Cultura, História e Memória. 2. Ed. Manaus: Valer, 2014.

PRADO, Consuelo Albegaria. Lente de Contato. In: MACEDO, Joaquim Manuel de. A Moreninha. 35. Ed. São Paulo: Ática, 2010.

SILVA, Victor Leandro da. O Norte Impossível: Ficção, memória e Identidade em Narrativas de Milton Hatoum. Manaus: Edições Muiraquitã, 2012

TELLES, Tenório. Simá – um romance sobre a Amazônia. In: AMAZONAS, Lourenço. Simá: Romance Histórico no Alto Amazonas. 3. Ed. Manaus: Valer, 2011.

____________. A Caligrafia de Deus: Ilusão e tragédia nos Trópicos. In: LEÃO, Allison; KRUGÜR, Marcos Frederico (Orgs.). O Mostrador da Derrota: estudos sobre o teatro e a ficção de Márcio Souza. Manaus: UEA edições, 2013)
Publicado
2018-01-07
Como Citar
BATISTA, Maison Antonio dos Anjos. O APAGAMENTO HISTÓRICO-LITERÁRIO DE SIMÁ. Revista Decifrar, [S.l.], v. 5, n. 10, p. 39, jan. 2018. ISSN 2318-2229. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/Decifrar/article/view/4006>. Acesso em: 21 abr. 2018. doi: https://doi.org/10.29281/rd.v5i10.4006.

Artigos mais lidos do mesmo autor

Obs.: Este plugin requer ao menos um plugin ou relatório de estatísticas para funcionar. Se seus plugins de estatísticas trabalham com mais de uma métrica, por favor selecione uma métrica principal na página de configuração disponível no painel do Administrador e/ou do Gerente do portal.