• REVISTA DECIFRAR – V 8, Nº 15, 2020/1 – CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO SEÇÃO TEMÁTICA: LEITURA DE POESIA HOJE

    2019-08-04

    Ao final do Séc. XX, a leitura de poesia no Brasil se mostrava como um campo cuja complexidade apontava para uma perda de referências por longo tempo estabelecidas de que estruturalismo e sociologia da literatura são exemplos. Chegando ao Séc. XXI, outras possibilidades de interpretação das formas de ler e produzir poesia se mostram, mantendo-se a ideia de que a narrativa ocupa um lugar de prestígio cujo peso relega o leitor e a leitura de poesia a um plano modesto. Os debates sobre as formas de produção poética levam, necessariamente, a diferentes maneiras de abordá-la criticamente. Assim, a linguagem poética desdobra-se em diálogos com as artes visuais, com as artes plásticas e com as novas tecnologias. Além dessa confluência de linguagens, do campo discursivo da poesia emergem múltiplas vozes: negros, indígenas, mulheres, homossexuais, lésbicas, moradores das mais diversas periferias, entre outros, ocupam espaços de representação de que a poesia é, seguramente, uma das manifestações. Diante de tantas possibilidades, como a leitura de poesia vem se mostrando seja de um ponto de vista marcadamente crítico e acadêmico, seja no que se refere à formação de leitores (livros didáticos, debates jornalísticos, debates midiáticos, debates críticos)? Para este número de Decifrar, serão aceitos artigos que, enfatizando o plano da leitura, abordem 1) as diversas confluências entre poesia e outras linguagens artísticas; 2) as relações entre tecnologias e poesia; 3) a leitura de poesia em diferentes suportes (e-book, livro didático, plataformas diversas); 4) as estratégias para visibilidade de grupos diversos a partir da produção poética.

    A revista também recebe colaborações para a seção de tema livre, onde são publicados artigos de diversas abordagens sobre a literaturas de língua portuguesa.

    Resenhas

    Há ainda espaço para resenhas de obras de ficção, poesia, crítica literária e teoria literária publicadas nos últimos 24 meses.

    Prazo máximo para envio de submissões: 30 de abril de 2020.

     

    Gabriel Albuquerque (UFAM) e Maria de Fátima do Nascimento (UFPA)

    Responsáveis pela edição

    Saiba mais sobre REVISTA DECIFRAR – V 8, Nº 15, 2020/1 – CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO SEÇÃO TEMÁTICA: LEITURA DE POESIA HOJE
  • REVISTA DECIFRAR – V. 7, Nº 14, 2019/2 – CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO SEÇÃO TEMÁTICA: TEORIA DA RESIDUALIDADE LITERÁRIA E CULTURAL

    2019-08-04

    Considerando o interesse acadêmico que a Teoria da Residualidade Literária e Cultural tem despertado tanto em território nacional quanto internacional, a Revista Decifrar convida pesquisadores a submeterem artigos científicos em um número dedicado à sua aplicação em textos literários – Volume 7, Número 14.

     

    Sistematizada pelo poeta, ensaísta e professor Roberto Pontes, da Universidade Federal do Ceará, a teoria se dedica ao estudo de traços literários e culturais que se perpetuam ao longo da História – os resíduos –, e a verificar de que forma mantêm sua consistência ou sofrem transformações ao longo das mudanças de espaço e tempo, ou como dito pela Mestre Claudia Ramos, “aspectos lindeiros do passado que reverberam no futuro”. Adotando uma perspectiva transversal e complexa, a Teoria da Residualidade Literária e Cultural coloca-se como uma metodologia que estabelece diálogos entre os mais variados campos da Ciência, oferecendo infinitas possibilidades de compreensão do ser humano enquanto personagem agente em um contexto cultural e social.

    Nessa perspectiva, este número da Revista Decifrar espera receber artigos, em língua portuguesa, espanhola, francesa, inglesa e galega, que investiguem as aplicações da teoria sistematizada pelo professor Pontes.

    Também serão aceitos trabalhos sobre as literaturas publicadas em língua portuguesa para os temas livres e a seção vária – entrevistas, resenhas, ensaios, contos, crônicas e poemas.

    A previsão para a publicação dos artigos que obtiverem a anuência dos pareceristas é dezembro de 2019. Serão aceitos trabalhos de pesquisadores doutores, mestres e alunos de Pós-graduação. Graduados e Estudantes de Graduação poderão submeter artigos somente em co-autoria com orientador titulado Mestre ou Doutor.

    Ressalta-se que serão acolhidos, ainda, outros artigos e ensaios inéditos desde que mantenham estreita relação com a proposta da Revista.

    Prazo máximo para envio de submissões: 31 de outubro de 2019.

     

    Responsáveis pela edição

    :

    Professora Dra. Cássia Maria Bezerra do Nascimento

    Líder do Grupo de Pesquisa Literatura em Estudos Transdisciplinares e Residuais – LETRAR – da Universidade Federal do Amazonas – UFAM

     

    Professora Dra. Elizabeth Dias Martins

    Líder do Grupo de Pesquisa Estudos de Residualidade Literária e Cultural – GERLIC – da Universidade Federal do Ceará– UFC

    Saiba mais sobre REVISTA DECIFRAR – V. 7, Nº 14, 2019/2 – CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO SEÇÃO TEMÁTICA: TEORIA DA RESIDUALIDADE LITERÁRIA E CULTURAL