REFLEXÕES SOBRE O ESTADO A PARTIR DE DELEUZE E GUATTARI

A MICROPOLÍTICA-EM-NÓS

  • Patrícia Marciano de Assis Universidade Federal de Pernambuco

Resumo

O objetivo desse artigo é tecer algumas reflexões sobre a concepção de Estado presente nas leituras de algumas obras de Gilles Deleuze e Félix Guattari, bem como ressaltar algumas contribuições para pensar a história. Metodologicamente analisamos alguns textos dos livros “O Anti-Édipo” e  “Mil Platôs”, principalmente seu quinto volume, bem como operamos um diálogo constante com a bibliografia. Ancorada em seu pensamento da diferença, vislumbramos a possibilidade de pensar sobre a construção do Estado sem cair no estruturalismo ou num psicologismo (sobretudo, a versão do familismo), apenas acompanhando seu modo de funcionamento e seus agenciamentos, estando sempre atentos ao pensamento da diferença proposto por eles e nas possibilidades aventadas pela ideia de micropolítica.

Publicado
2018-08-24
Como Citar
ASSIS, Patrícia Marciano de. REFLEXÕES SOBRE O ESTADO A PARTIR DE DELEUZE E GUATTARI. Canoa do Tempo, [S.l.], v. 10, n. 1, p. 11-29, ago. 2018. ISSN 2594-8148. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/Canoa_do_Tempo/article/view/4378>. Acesso em: 21 out. 2018.