Pureza, F. (2018). O “PECADO ORIGINAL” E OS VIDEOGAMES: LIMITES DA HISTÓRIA PÚBLICA DIANTE DA “ACUMULAÇÃO PRIMITIVA DE CAPITAL”. Canoa Do Tempo, 10(1), 123-141. Recuperado de http://periodicos.ufam.edu.br/Canoa_do_Tempo/article/view/4421