POLIMORFISMO DO GENE ACTN3 NÃO É DETERMINANTE NO DESEMPENHO EM INICIANTES DE MODALIDADES DE ENDURANCE

  • Ahlan Benezar Lima NEIDA-FEFF-UFAM

Resumo

O presente estudo teve como objetivo verificar a influência de fatores genéticos ao treinamento de iniciantes em modalidades de endurance. Participaram do estudo 14 indivíduos voluntários de ambos os sexos, aparentemente saudáveis, com idades respectivas de 18 á 40 anos. As variáveis selecionadas para o estudo foram: Composição corporal, aptidão cardiorrespiratória, força de membro inferior e polimorfismo do Gene ACTN3. Os indivíduos fizeram parte de um grupo de praticantes de modalidades de endurance. A comparação das variáveis do estudo entre os grupos foi realizada através do Teste T-Student para medidas independentes. O nível de significância adotado foi de 5% (p<0,005). Ao analisar a expressão do gene da actn3 foi verificado que 85,7% dos indivíduos apresentaram o polimorfismo. Ao comparar o desempenho nas variáveis analisadas entre os grupos com diferentes genótipos da actn3 não foram encontradas influências dos diferentes genótipos no desempenho dos testes.


Palavras chaves: Genética, endurance, desenvolvimento, polimorfismo

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
O lançamento da nossa revista científica Boletim Informativo Unimotrisaúde em Sociogerontologia – BIUS é sempre algo a ser agradecido com carinho, principalmente por nossa comunidade acadêmica fefiana (Faculdade de Educação Física e Fisioterapia – FEFF) da Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Sabemos o quanto as pessoas estão ocupadas com seus projetos de pesquisas e produções científicas. A nossa revista tem a natureza de divulgar nossas produções, sobretudo é um convite para que os leitores possam acompanhar alguns embriões de produções de resultados de estudos e pesquisas, para debate público, no sentido de realização da finalidade maior da academia: um diálogo que produza dissensos e consensos, fundados nos princípios e nos métodos científicos. Envolver os alunos nas pesquisas é a primeira forma de iniciação científica, portanto, reforçamos a publicação mesmo que em alguns casos “ingênuas”, mas com o passar do tempo isto os levará a um amadurecimento científico. Afinal o que é ciência? Nada que ama tentativa de encontrar respostas para algumas indagações e reflexões! Logo, a nossa revista é pra estimular a produção da nossa comunidade fefiana e a convivência com os pesquisadores/orientadores.

      

Publicado
2018-12-19
Como Citar
LIMA, Ahlan Benezar. POLIMORFISMO DO GENE ACTN3 NÃO É DETERMINANTE NO DESEMPENHO EM INICIANTES DE MODALIDADES DE ENDURANCE. BIUS -Boletim Informativo Unimotrisaúde em Sociogerontologia, [S.l.], v. 10, n. 2, p. 1-14, dez. 2018. ISSN 2176-9141. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/BIUS/article/view/5020>. Acesso em: 18 jan. 2019.