PERCEPÇÃO DE IDOSOS PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA REGULAR SOBRE OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA

  • Rafaela da Fonseca Simukaua NEIDA-FEFF-UFAM
  • Valdeci Guedes da Silva

Resumo

O envelhecimento populacional tem sido considerado um grande desafio para a saúde pública contemporânea por ser uma fase com doenças próprias do envelhecimento e que hoje ganham maior expressão na sociedade. Esta pesquisa teve como objetivo identificar a percepção idosos praticantes de atividade física sobre os benefícios da prática da atividade física. Trata-se de um estudo transversal conduzido em idosos participantes do projeto Viver melhor, do município de Novo Aripuanã – AM. Os dados foram coletados por meio de um questionário semiestruturado aplicado à 16 idosos que frequentavam o programa assiduamente e permitiu respostas subjetivas e interpretativas. Os resultados indicaram que os idosos do Projeto Viver Melhor percebiam a volta do prazer pela vida ao ar livre, melhora da saúde corporal e a convivência social como os principais benefícios apresentados. A percepção dos idosos participantes do projeto Viver Melhor revelou que a atividade física é importante para diversos componentes da saúde, de modo que, recomenda-se que projetos com ideais semelhantes ao referido projeto sejam oferecidos para pessoas idosas.

Publicado
2018-04-30
Como Citar
DA FONSECA SIMUKAUA, Rafaela; GUEDES DA SILVA, Valdeci. PERCEPÇÃO DE IDOSOS PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA REGULAR SOBRE OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA. BIUS -Boletim Informativo Unimotrisaúde em Sociogerontologia, [S.l.], v. 9, n. 1, p. 14-23, abr. 2018. ISSN 2176-9141. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/BIUS/article/view/4458>. Acesso em: 25 maio 2018.