PREVALÊNCIA DE EXCESSO DE PESO E FATORES ASSOCIADOS EM ADOLESCENTES DE PARINTINS-AM

  • Karina Cristina Maciel de Carvalho
  • André de Araújo Pinto
  • Rita Maria dos Santos Puga Barbosa
  • Markus Vinicius Nahas
  • Sheila Moura do Amaral

Resumo

O excesso de peso possui causa multifatorial, e na população adolescente tem-se destacado como um potencial fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares na fase adulta. O presente estudo tem como objetivo estimar a prevalência de excesso de peso e analisar os fatores associados em adolescentes do município de Parintins-AM. Participaram do estudo 517 adolescentes (270 rapazes e 297 moças) com média de idade de 16,3(±1,2) anos. Um questionário autoadministrado foi utilizado para coletar as informações sociodemográficas (sexo, faixa etária, ano escolar, turno, local de moradia, renda familiar e estado civil), massa corporal e estatura auto-referidas. O status do peso foi classificado a partir do índice de massa corporal, empregando-se os pontos de cortes para sexo e idade da International Obesity Task Force (IOFT). Encontrou-se a prevalência de excesso de peso de 29,5%, sendo maior entre as moças (31,9%). Observou-se maior prevalência de excesso de peso nos adolescentes de 17 a 19 anos de idade (55,9%), em relação aqueles com idade de 14 a 17 anos (44,9%) (p< 0,001). Os que possuíam companheiros, apresentaram maior prevalência de excesso de peso (91,1%) quando comparados aqueles sem companheiros (7,9%) (p= 0,034). Intervenções voltadas para o controle do peso corporal nos adolescentes de Parintins precisam considerar, prioritariamente, o sexo feminino, os adolescentes mais velhos e os que possuem companheiros. Recomenda-se aos professores de Educação Física um constante debate em sala de aula sobre a relevância da prática regular de atividade física como uma das ferramentas aliadas ao controle do peso corporal.

 

Publicado
2017-09-25
Como Citar
MACIEL DE CARVALHO, Karina Cristina et al. PREVALÊNCIA DE EXCESSO DE PESO E FATORES ASSOCIADOS EM ADOLESCENTES DE PARINTINS-AM. BIUS -Boletim Informativo Unimotrisaúde em Sociogerontologia, [S.l.], v. 8, n. 2, p. 3-14, set. 2017. ISSN 2176-9141. Disponível em: <http://periodicos.ufam.edu.br/BIUS/article/view/3778>. Acesso em: 23 jan. 2018.
Seção
Artigo Original