CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES AGROPECUÁRIAS EM COMUNIDADES RURAIS GUANABARA I, II E III, BENJAMIN CONSTANT, AMAZONAS

Ana Carolina Souza Sampaio Nakauth, Rodrigo Fermin Mendes, Antônia Ivanilce Castro Dácio, Dirceu da Silva Dácio

Resumo


As comunidades rurais da Amazônia apresentam uma forte relação com as atividades do setor primário. O objetivo geral do trabalho foi caracterizar os setores produtivos das comunidades de Guanabara I, II e III, por meio de levantamento e observação, verificando o uso de práticas como agricultura familiar, produção animal e extrativismo. A coleta dos dados foi feita por meio de formulário e entrevistas com 50% das famílias residentes nas comunidades. O estudo revelou que a agricultura familiar é a atividade mais praticada e importante nas três comunidades, com a produção principal de mandioca e banana. Além disso, foram identificadas a criação de pequenos animais com enfoque nas modalidades da criação de patos e galinha caipira de forma extensiva; piscicultura, com criação de tambaqui em sistema semi- intensivo e meliponicultura com ênfase à produção de mel. Em relação ao extrativismo, destacam-se o extrativismo florestal e pesqueiro. Os produtos florestais mais utilizados são sementes, frutos e madeira. A pesca é exercida em todas as comunidades e se constitui como uma atividade que contribui para a dieta alimentar e renda. As atividades produtivas estão centradas no abastecimento das demandas alimentares das comunidades, sendo a comercialização praticada para fins de complementação de renda monetária, proveniente também dos programas sociais e subsídios do governo federal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.