O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

NORMAS E DIRETRIZES PARA AUTORES DO ANUÁRIO DO INSTITUTO DE NATUREZA E CULTURA

1. O Anuário do Instituto de Natureza e Cultura publica artigos, resenhas e notas técnicas, resultantes de ensino, pesquisa e extensão, de interesse das áreas: ciências humanas, biológicas, agrárias e exatas. Os textos devem ser redigidos em português, e os resumos em português, com tradução em inglês ou espanhol.

2. Os autores interessados devem submeter os trabalhos online http://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/ANINC. O autor que submete o trabalho assume as seguintes responsabilidades: i) a submissão foi autorizada por todos os autores do trabalho; ii) o presente trabalho é original e não está sendo ao mesmo tempo avaliado para publicação em outro periódico nacional ou internacional; iii) o texto do trabalho não viola qualquer direito autoral ou outro direito de propriedade pessoal de qualquer pessoa ou entidade e não contém declarações abusivas, difamatórias, obscenas ou fraudulentas, nem quaisquer outras declarações que sejam ilegais de qualquer forma. Os conceitos e afirmações emitidas no artigo, resenha ou nota técnica são de exclusiva responsabilidade dos autores. Contudo, o Corpo Editorial reserva-se o direito de solicitar ou sugerir modificações no texto original.

3. Os artigos devem ser organizados na seguinte sequência:

3.1. Artigo: Título, Resumo em língua estrangeira, Resumo em língua vernácula, Palavras-chave, Introdução, Metodologia, Resultados e Discussão, Conclusões ou Considerações Finais, Agradecimentos (opcional) e Referências. Antes do item Referências, quando apropriado, mencionar a aprovação por Comitê de Ética.

4. As resenhas devem ser organizadas na seguinte sequência:

4.1. As resenhas: o texto da resenha apresenta uniformidade gráfica e não deve apresentar subdivisões. Na primeira folha, deve ser incluída a referência bibliográfica completa da obra comentada de acordo com a norma ABNT vigente, ao final, o nome, a titulação acadêmica, a filiação institucional, o ano e o endereço eletrônico do resenhista. Quanto ao número de páginas: resenhas de artigos não devem exceder 2 páginas, de livros, até 3 páginas.

5. Os trabalhos devem ser editados no Microsoft Word, com espaçamento 1,5 entre linhas e 2 entre títulos e subseções. As linhas devem ser numeradas continuamente, fonte Times New Roman, tamanho 12. A tabulação do texto deverá ter recuo de 1,25 cm, formato A4, com 3 cm de margens superior e esquerda, 2 cm nas margens inferior e direita, orientação retrato. Os números mínimo e máximo de páginas serão: 10 e 25 para artigos e 03 e 07 para notas técnicas, respectivamente.

6. O Título do trabalho, com no máximo três linhas, deve ser escrito em caixa alta, negrito e centralizado, redigido em português, seguido, em um novo parágrafo, da versão em inglês ou espanhol, escrita em caixa baixa e em itálico.

7. O Resumo em Português deve ser apresentado em um único parágrafo. A palavra RESUMO deve ser redigida em caixa alta, em negrito e centralizada. O texto do resumo deve ter fonte Times New Roman, espaço simples, tamanho 10, com até 250 palavras.

7.1. O Resumo em Inglês ou Espanhol deve ser apresentado em um único parágrafo logo após o resumo na língua vernácula. As palavras ABSTRACT ou RESUMEN devem ser redigidas em caixa alta, em negrito e centralizadas. O texto do resumo na língua estrangeira deve ter fonte Times New Roman, espaço simples, tamanho 10, com até 250 palavras.

8. Logo após o texto do Resumo e do Abstract ou Resumen devem ser incluídos os termos Palavras-chave, Keywords ou Palabras-clave, respectivamente, redigido em caixa baixa, negrito, com alinhamento à esquerda, contendo até quatro termos, separados por ponto e vírgula. Evitar repetir palavras do título.

9. Os grandes itens: INTRODUÇÃO, METODOLOGIA, RESULTADOS E DISCUSSÃO, CONCLUSÃO ou CONSIDERAÇÕES FINAIS e REFERÊNCIAS devem ser escritos em caixa alta, negrito e alinhados à esquerda. Os demais itens devem obedecer à sequência exemplificada a seguir:

METODOLOGIA - (item primário) – caixa alta e negrito.

Área de estudo - (item secundário) - só a inicial maiúscula e em negrito.

Solo - (item terciário) - só a inicial maiúscula, e itálico.

Horizonte A - (item quaternário) - só a inicial maiúscula, e itálico.

10. As siglas e abreviaturas, ao aparecerem pela primeira vez no trabalho, deverão ser colocadas entre parênteses, precedidas do nome por extenso. Conforme exemplo: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA).

11. Ilustrações (gráficos, desenhos, fotografias, mapas e outros), serão tratadas como figuras, deverão ter resolução mínima de 300 dpi, devendo ser inseridas no texto, sem sombreamento e contornos. As dimensões (largura e altura) não podem exceder 17 x 22 cm, sempre com orientação da página na forma retrato. Quando se tratar de gráficos e imagens coloridas, os autores deverão enviar gráficos e imagens em versão colorida e em versão preto e branco ou tons de cinza. A versão on-line em formato digital do artigo disponibilizará a versão colorida. Para a editoração final do artigo, figuras com o tamanho do arquivo muito grande, poderão ser enviadas separadamente por e-mail ou por outra forma de compartilhamento de dados pela internet.

12. As figuras e tabelas devem ser autoexplicativas e alocadas no texto logo após sua primeira chamada. A identificação das mesmas deve ser expressa em português. As tabelas deverão ser numeradas, sequencialmente, com algarismos arábicos, na ordem em que foram incluídas no texto e encabeçadas por seu título. As figuras deverão ser numeradas, consecutivamente, com algarismos arábicos, na ordem em que foram incluídas no texto e especificadas por sua legenda. As tabelas devem ser produzidas diretamente no editor de texto Word ou construídas no programa Excel, e transferidas para o corpo do texto do trabalho de acordo com a ordem de chamada. Não inserir as tabelas no formato de figuras no corpo do texto. Para tabelas com conteúdo numérico, centralizar os números na coluna. O título da tabela e a legenda da figura deverão ser escritos com fonte Times New Roman, tamanho 12, não negrito e não-itálico.

13. Nomes científicos devem seguir os Códigos Internacionais de Nomenclatura, de acordo com a respectiva área: escritos por extenso em itálico, seguido do autor e ano da descrição, quando citado pela primeira vez. A partir da segunda vez, o nome do gênero deverá ser abreviado conforme exemplo a seguir ou conforme as regras dos códigos: Haemagogus janthinomys Dyar, 1921 (primeira vez no texto) e H. janthinomys (a partir da segunda vez no texto).

14. Fórmulas editadas pelo módulo Equation Editor, do Microsoft Word, devem obedecer à fonte do texto, com símbolos, subscrito/sobrescrito etc., em proporções adequadas.

15. Citações bibliográficas dentro do texto deverão ser formatadas de acordo com a NBR 10520 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), usando o sistema "autor-data". Na citação indireta, os autores consultados deverão ser mencionados no texto da seguinte forma: Silva (2012), Silva e Silva (2012), Silva, Silva e Silva (2012) ou Silva et al. (2012) (mais de três autores), ou entre parênteses (SILVA, 2012), (SILVA; SILVA, 2012), (SILVA, SILVA; SILVA, 2012) ou (SILVA et al., 2012) (mais de três autores).

Livros

RODRIGUES, G.E.; JUSTAMAND, M. Fazendo Antropologia no Alto Solimões. 1. ed. Embú das Artes (São Paulo): Alexa Cultural, 2012, 116p.

Capítulos de livros

SAMPAIO-NAKAUTH, A.C.S.; VILLACORTA-CORREA, M.A.; BERNARDINO, G. Desenvolvimento embrionário do matrinxã Brycon amazonicus. In: ACIOLI, A.N.S.; SAMPAIO, A.C.S.; GUIMARÃES, M.A. (Org.). Ciência, Natureza e Cultura na região Amazônica. 1. ed. Manaus: EDUA, 2010, p. 158-179.

Artigos de periódicos

SIMÕES, C.A. Políticas públicas do ensino médio: iniciativas governamentais e o Ensino Médio Inovador. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 5, n. 8, p. 111-125, 2011.

Artigos de periódicos (com mais de três autores)

VIEIRA, S.M et al. Total and methyl-mercury in hair and milk of mothers living in the city of Porto Velho and in villages along the Rio Madeira, Amazon, Brazil. International Journal of Hygiene and Environmental Health, v. 216, n. 6, p. 682-689, 2013.

Artigo de periódico (formato eletrônico)

ERTHAL, R.M.C. O suicídio Tikúna no Alto Solimões: uma expressão de conflitos. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p. 299-311, 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csp/v17n2/4175.pdf>. Acesso em: 25 set. 2013.

Dissertações e Teses

NEISS, U.G. Taxonomia de Odonata (Insecta), com ênfase na caracterização morfológica e biologia de larvas, na Amazônia Central, Brasil. 2012. 331f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Entomologia, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia – INPA, Manaus, Amazonas.

Jornal

DIMENSTEIN, G. Escola da vida. Folha de S. Paulo, São Paulo, 14 jul. 2002. Folha Campinas, p. 2.

Publicações Governamentais

BRASIL. Ministério da Educação, Secretaria da Educação Média e Tecnológica. Orientações Curriculares para o Ensino Médio – Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília: MEC/Semtec, 2006, 133p.

Decretos e leis

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, DF, 23 dez. 1996.

Constituição federal

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

 

16. Os nomes dos autores e coautores, posicionados logo abaixo do título em língua estrangeira, alinhados à esquerda, separados por ponto e vírgula e identificados com número sequencial sobrescrito. O chamamento dos autores deve ser indicado no rodapé da primeira página, antecedido do número de identificação e deve conter a afiliação completa de todos os autores na seguinte ordem: última formação (Graduado em..., Doutor em..., Mestrando em..., Doutorando em...), função (docente, pesquisador, coordenador, diretor...), departamento ou unidade (por extenso), universidade (sigla). Endereço do primeiro autor (Cidade, estado, e-mail), para correspondência.

ROSAS, Lisandra Vieira1.

1 Doutora em Química, Professora pesquisadora do Curso de Ciências: Biologia e Química, Instituto de Natureza e Cultura – INC/BC, Universidade Federal do Amazonas – UFAM. Rua 1º. de Maio, s/n, Colônia, Benjamin Constant, Amazonas, 69630-000. E-mail: lisandra@ufam.edu.br.

17. Os trabalhos submetidos ao anuário serão, inicialmente, analisados pelo Conselho Editorial, que os encaminhará aos comitês de área compostos por revisores internos e externos ad hoc. Após análise, os trabalhos juntamente com os formulários de avaliação serão devolvidos aos autores para correções (caso necessário) e, posteriormente, encaminhados para avaliação final do Comitê Editorial. Os artigos aceitos serão publicados no primeiro semestre do ano seguinte.